No RN, mais de 1 milhão de pessoas enfrentam interrupções no abastecimento de água pelo menos um dia inteiro


O Rio Grande do Norte tem 1,1 milhão de potiguares em casas ligadas a uma rede geral de abastecimento, mas sem acesso à água todos os dias. O número representa 32,1% da população, a segunda maior proporção entre todas as unidades da federação e no mesmo patamar do Acre (34%). Somente em Pernambuco (47,9%), as interrupções afetam uma parcela maior de habitantes.

Baseados em levantamento de 2019, os dados fazem parte do estudo “Indicadores Sociais de Moradia no Contexto de Pré-pandemia de Covid-19”, divulgado hoje (23) pelo IBGE.

A publicação traz um retrato dos lares brasileiros às vésperas da atual pandemia. Ela revela aspectos importantes para prevenção da doença, como o acesso à água e o adensamento domiciliar (número de moradores de uma casa), fundamentais para análise dos impactos da pandemia e para a adoção de medidas por parte do poder público.

IBGE

Spread the love