Prefeito e vice de Canguaretama serão afastados nesta sexta-feira

Essa semana, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) concluiu o julgamento do registro de candidatura do Wellinson Ribeiro (PP), prefeito de Canguaretama e decidiu por manter negado o registro de candidatura dele. Wellinson e sua vice, Fátima do Murim, serão afastados nesta sexta-feira (3).

O presidente da Câmara Municipal de Canguaretama, Wilsinho Ribeiro (PTB) convocou vereadores para sessão especial de ”transmissão e posse interina do cargo de chefe do poder Executivo”. Irmão do prefeito cassado, Wilsinho assumirá por 90 dias a Prefeitura.

Wellinson possui condenação penal transitada em julgado e não reúne direitos políticos para permanecer à frente da gestão do municipio. Ao participar da sessão, o advogado Felipe Cortez requereu o afastamento imediato do Prefeito e o aprazamento de novas eleições em Canguaretama. O pedido será decidido pela Juíza Adriana Magalhães, Relatora do Processo.

Em setembro passado, o TRE-RN cassou os diplomas eleitorais do prefeito e da vice-prefeita Fátima Moreira. Com isso, a Corte Eleitoral também determinou a realização de novas eleições para os cargos no município que fica no Agreste Potiguar.

A justiça já apontou a inelegibilidade de Wellinson Ribeiro nas eleições de 2020. Foi apresentada a existência de uma condenação criminal do Tribunal Regional Federal da 5ª Região em face dele pela prática de crimes contra a fé pública e crime de responsabilidade o tornaria inelegível. Nas eleições de 2020, Wellinson teve 48,82% dos votos válidos – foram 9.046 votos no total.

Spread the love