Presidente da Câmara Municipal de Canguaretama defende reabertura do Hospital Regional do Agreste para Covid-19


Hospital de Canguaretama pode se transformar em uma opção para o tratamento de pacientes com coronavírus

A presidente da Câmara Municipal de Canguaretama, vereadora Irmã Lila (PSDB) defende a reabertura do Hospital Regional, fechado desde o ano passado por sugestão do secretário Cipriano Maia (Sesap), para se transformar em uma opção para o tratamento de pacientes com coronavírus, na região Agreste.

“Nosso município e região precisa de ações em defesa da população. O Hospital de Canguaretama precisa ser reaberto e ajudar no combate ao Covid-19. É inadmissível vê-lo fechado, e toda uma região ter que sofrer com deslocamento e distância dos familiares para ser atendida em Natal”, frisa Irmã Lila, lembrando que a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) não colocou nenhuma unidade hospitalar do Agreste, como referência ao Covid-19.

O Hospital de Canguaretama era um dos principais do Agreste, até ser fechado em 2019. “Estamos organizando as Câmaras Municipais do Agreste junto com prefeitos interessados e juntos mobilizar a região. Não podemos admitir que o Agreste, hoje com quase 200 mil habitantes fique sem uma unidade de referência para a Covid-19”, frisa a presidente da Câmara Municipal.

De acordo com o Boletim Epidemiológico desta sexta-feira (1), divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), a Região Agreste tem hoje 162 casos suspeitos, 66 casos confirmados, seis óbitos e dois sendo investigados. Dessas seis mortes, três foram em Canguaretema, que ainda tem 15 casos confirmados de Covid-19 e 25 casos suspeitos.

Confira o vídeo:

Compartilhar