Sesap discute proposta de cofinanciamento para Hospital de Santo Antônio

SESAP/ASSECOM – O secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia, apresentou ontem (3) a deputados, prefeitos, vereadores e secretários de saúde dos municípios que integram a 1ª Regional de Saúde, a proposta de cofinanciamento e Cooperação Técnica, que permitirá o funcionamento pleno da porta de entrada do Hospital Regional de Santo Antônio. O encontro foi realizado na sede da Associação dos municípios do Litoral Agreste Potiguar (AMLAP) e foi amplamente discutido pelos agentes políticos da região, sendo retirada uma Comissão que voltará à discussão da proposta de cogestão, em data ainda a ser agendada.

De acordo com o secretário Cipriano Maia, após essa discussão inicial o próximo passo será a pactuação com os municípios para o funcionamento de um ponto de atenção de referência em urgência qualificada, cirurgias eletivas e maternidade de risco habitual no Hospital Regional de Santo Antônio. O secretário explicou que para efetivar esse processo a Sesap realizou um planejamento regional integrado que envolve a elaboração de um diagnóstico da situação de cada município, as demandas da população, os serviços de saúde existentes e as respostas mais adequadas e resolutivas. “A perspectiva é de que o Hospital de Santo Antônio seja referência para o Agreste, no pronto atendimento regional e cirurgias eletivas”, enfatizou o secretário.

A proposta de cofinanciamento define locais para as cirurgias eletivas, estabelece recursos da ordem de R$ 100.000,00 (R$60.000,00 pelos municípios + R$ 40.000,00 pela SESAP); serviço com capacidade instalada para realizar 100 cirurgias por mês; todas as cirurgias deverão ser reguladas e seguirão o fluxo e o protocolo estabelecidos pela SESAP (processo monitorado pelo MP e pela defensoria pública); a quantidade de cirurgia e o valor a ser pago será de acordo com a pactuação entre o município sede e o município solicitante (PPI) – média de R$ 1.000,00 por cirurgia.

A comissão escolhida, na ocasião, para voltar a discutir o assunto é composta pelo secretário da Saúde do Estado, Cipriano Maia, um representante da COHUR, coordenadora da 1ª URSAP, Maria Daguia; prefeito de Jundiá, José Arnor, vereadora de Santo Antônio, Maria Lúcia Ferreira dos Santos (Lucinha), Secretário de Saúde de Santo Antônio, Jurandir Custódio Ferreira; representante da CIR (Comissão Intergestores Regionais), Ana Maria de Morais, secretária de Saúde de Passagem; e representando o COSEMS, a secretária de Saúde de Monte Alegre, Maria Emília Pinheiro.

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial