Suspeito de matar PM é preso em escritório de advocacia

Um homem ainda não identificado foi preso ainda na manhã desta terça-feira (9), suspeito de matar o sargento Gilmar Ferreira Barbosa (foto), de 52 anos, que foi assassinado hoje dentro da residência de familiares e em frente aos pais, em casa localizada no bairro Bom Pastor, na zona oeste da cidade.

O acusado foi detido dentro de um escritório de advocacia, no momento em que estava se encontrando com advogados, poucas horas após o crime. Segundo informações do tenente-coronel Eduardo Franco, assessor de comunicação da Polícia Militar, logo após o crime a polícia iniciou diligências em busca dos suspeitos.

Com informações do portal Nominuto.com

Compartilhar