Suspeito pelo homicídio de PM morre durante ação da Força-Tarefa em Mossoró


Foto: Cedida

Policiais civis e militares, em atuação na Força-Tarefa executada em Mossoró, realizaram, na noite dessa quarta-feira (20), diligências com o objetivo de capturar e prender um foragido da justiça, que é suspeito de matar um policial militar, em agosto de 2018.

Durante as diligências, Wilhian Bezerra de Oliveira, conhecido como “Belo das Mirandas”, 24 anos de idade, reagiu a uma abordagem das equipes que integram a Força-Tarefa de Segurança que realizavam operações no bairro Alto de São Manoel. No confronto, “Belo das Mirandas” foi atingido, sendo socorrido pelos policiais para o Hospital Regional Tarcísio Maia, porém não resistiu aos ferimentos.

De acordo com as investigações, Wilhian Bezerra era um dos suspeitos de matar o cabo da Polícia Militar, Ildônio José da Silva, durante um suposto assalto a um ônibus de estudantes universitários, ocorrido na RN 117, no dia 16 de agosto de 2018, entre os municípios de Caraúbas e Governador Dix-Sept Rosado. Ele também é investigado pela prática de crimes de roubos, tráfico de drogas, latrocínio e homicídio, nas comarcas de Campo Grande, Caraúbas e Upanema.

Além disso, contra ele, havia dois mandados de prisão definitiva em aberto, decorrentes de sentenças condenatórias, sendo uma pena de 6 anos e 8 meses, pela prática dos crimes de roubo e corrupção de menor, no município de Campo Grande, e outra pena de 6 anos e 5 meses pelo cometimento de crime de roubo, na cidade de Upanema.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Compartilhar