Agência de Inovação realiza visita técnica em incubadora de Macaíba

Wilson Galvão de Ascom AGIR

Uma equipe da Agência de Inovação (AGIR) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realizou na manhã desta quinta-feira, 19, uma visita técnica às instalações da I9 Agrotec, incubadora de empresas localizada no Campus de Macaíba – Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ). Acompanhados pelo diretor eleito da EAJ, Ivan Max Freire de Lacerda, o diretor da AGIR, Daniel Pontes, e a responsável da Agência para incubadoras, Tathiany Deyse Fernandes Rocha, expuseram a necessidade de reestruturação da incubadora, sobretudo física.

“Procuramos demonstrar a importância de valorizar o processo de incubação de empresas e como isso implica em um acréscimo de oportunidades para os estudantes e professores. Além disso, falamos a respeito de como a Agência de Inovação pode contribuir nesse processo e a forma pela qual nós atuamos”, explicou Daniel Pontes. Tathiany Rocha acrescentou que, com o novo Regimento Interno da AGIR, foi criado o Setor de Ambientes Promotores de Inovação, com a responsabilidade promover eventos de divulgação de empreendedorismo, acompanhar e promover as atividades das incubadoras da UFRN e acompanhar as atividades dos parques e polos tecnológicos.

Ao final da reunião e por proposta da AGIR, o diretor Ivan Max Freire de Lacerda identificou a necessidade de designar um novo gerente executivo para a Incubadora, já que o mandato do anterior foi finalizado, bem como avaliou a possibilidade de destinar um novo local para a instalação física da I9 Agrotec.

A Agência de Inovação

Criada em 2007, inicialmente sob a nomenclatura de Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), a Agência de Inovacão (AGIR) é responsável pela gestão da propriedade intelectual, transferência de tecnologia e ambientes promotores de inovação, acompanhando e estimulando, por exemplo, as atividades das incubadoras da Universidade, bem como, as atividades dos parques e polos tecnológicos.

Fruto deste trabalho, a UFRN alcançou, em 2019, números proeminentes para a realidade do Nordeste. São 52 pedidos de registro de marca, 177 programas de computador registrados, mais de 220 pedidos de patente e 18 cartas-patentes concedidas. Para o diretor da Agência, Daniel Pontes, o desafio atual é intensificar a transferência da tecnologia, sobretudo através do desenvolvimento de estudos de prospecção tecnológica e de inteligência competitiva. Outras informações sobre os serviços que a AGIR oferece, inclusive para o público externo, podem ser obtidos através dos telefones (84) 3215-3918 / 99167-6589 / 99224-0076, ou pelo e-mail contato@agir.ufrn.br.

Compartilhar