Após fugir de policiais, suspeito de participar da morte de estudante em Natal é preso

O suspeito de participar da morte do estudante Arthur Lima de Oliveira, no Alecrim, que havia fugido da polícia poucas horas depois de ser detido, foi preso novamente na tarde desta sexta-feira (20), segundo informou a Polícia Civil. Logo após a prisão, ele foi encaminhado para a audiência de custódia. O outro suspeito ainda continua foragido.

O criminoso escapou na própria quarta-feira (18), dia do crime, ao ser levado por policiais civis para a comunidade Paço da Pátria, na Zona Leste, para indicar o local onde morava o comparsa dele no assalto que terminou com a morte de Arthur Lima de Oliveira. Mesmo sob a guarda de 12 policiais e algemado, ele conseguiu fugir.

O suspeito havia sido detido por funcionários e alunos após invadir uma escola no Alecrim, quando estava em fuga, e entregue aos policiais.

Na manhã desta sexta-feira (20), a Polícia Civil admitiu “falha policial” durante a fuga do suspeito sob a guarda de 12 policiais e afirmou que um processo administrativo será aberto para apurar as responsabilidades da fuga.

De acordo com os delegados, o homem estava algemado, do lado de fora do carro da polícia, e auxiliava os agentes nas buscas pelo comparsa dele, que também participou do assalto. Foi quando conseguiu correr e entrou no mato.

G1 RN

Compartilhar