Conselho Regional de Educação Física fecha onze academias no interior do Rio Grande do Norte

Os fiscais do Conselho Regional de Educação Física da 16ª Região fizeram um trabalho de fiscalização em doze cidades do interior do Rio Grande do Norte entre os dias 3 e 6 de setembro e fecharam 11 academias irregulares. Foram visitadas as cidades de Baía Formosa, Vila Flor, Canguaretama, Tibau do Sul, João Câmara, Jandaíra, Macau, Alto do Rodrigues, Guamaré, Pendências, Poço Branco e Taipu.

Os fiscais encontraram treze academias com alguma irregularidade, a maioria sem registro no Conselho Regional e nem Profissional de Educação Física como responsável técnico, o que é obrigatório. Além disso, 13 pessoas foram encontradas em exercício ilegal da profissão de educação física.

O caso mais grave foi de uma academia na cidade de Macau, na região da Costa Branca potiguar, que foi interditada durante uma fiscalização realizada na manhã da quarta-feira, dia 4 de setembro, não cumpriu a determinação e acabou fechada mais uma vez durante a noite do mesmo dia. Os responsáveis pela academia foram denunciados ao ministério público pelas irregularidades e também por desobediência. A academia não tem registro no Conselho Regional de Educação Física e também não apresentou um Profissional de Educação Física como responsável técnico.

Compartilhar