DHPP prende mulher suspeita de matar o próprio pai por envenenamento

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, na tarde desta terça-feira (15), Fernanda Daniely de Oliveira Rocha, de 27 anos. Ela é suspeita de matar o próprio pai, José Evangelista da Rocha, de 60 anos, por envenenamento. O crime ocorreu na Unidade de Tratamento Intenso (UTI) do Hospital Giselda Trigueiro, em Natal.

Em depoimento à DHPP, Fernanda Daniely contou que o pai era portador do vírus HIV e sofria de tuberculose, alegando que não aguentava mais vê-lo naquela situação de sofrimento. Ela matou José utilizando um veneno conhecido como Barrage, que serve para matar carrapatos, sendo inclusive orientada pelo vendedor de uma loja de rações a tomar cuidado com a presença de crianças na hora da aplicação do produto.

Fernanda foi autuada pelo crime de homicídio e permanecerá à disposição da justiça.

PC/Assecom

Compartilhar