EAJ classifica estudantes para a fase final da Olimpíada Nacional de História do Brasil


Na última sexta-feira (23), a organização da Olimpíada Nacional de História do Brasil (ONHB) divulgou o número de equipes selecionadas para a fase final online da competição. Ao todo, o Rio Grande do Norte classificou 265 equipes para essa última etapa. Dessas, três são compostas por alunos da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN).

Esta é a quarta vez que a escola participa da Olimpíada e, pela segunda vez, a instituição consegue chegar nesta fase da competição. Ao todo, cinco equipes participaram da ONHB 2020 representando a EAJ-UFRN. As três que seguem na competição são compostas pelos alunos Maria Clara de Carvalho Almeida, Francisco Lucas Almeida da Costa e Judilena Albino Galvão Torres, da turma IF19; Roberto Willame Alves Arruda, Cayo Fernandes dos Santos e Emilly Dayane Freitas de Morais, da turma AI18; e João Henrique da Silva Felipe Dantas, Pedro Henrique Rodrigues de Souza e Marfisa Juliana da Silva, da turma AQ18.

A orientação e coordenação dos estudantes é feita pela professora Maiara Juliana Gonçalves. A professora lembra que ao longo dos anos a EAJ vem ganhando experiência na ONHB, o que tem feito com que avancem cada vez mais na competição. “A EAJ tem avançado bastante quanto ao seu desempenho. Posso dizer que a experiência na ONHB é única, a ponto de marcar os discentes que dela participam e de proporcionar uma forma divertida e crítica de aprender História do Brasil”, disse.

Ela conta ainda que a preparação esse ano foi mais difícil, tendo em vista as aulas suspensas, mas que, há pelo menos dois anos, existe um projeto de extensão para estimular os estudantes a participarem da Olimpíada. O projeto conta com um bolsista voluntário, o estudante do curso de História da UFRN, Ewerton Lucas da Rocha Xavier. Ewerton participou de algumas edições da ONHB e tem auxiliado os estudantes nesse processo.

A competição

A Olimpíada Nacional de História do Brasil é uma olimpíada voltada para a área de História do Brasil, elaborada por historiadores da Universidade de Campinas (Unicamp). A competição reúne estudantes do oitavo ano do Ensino Fundamental II ao terceiro ano do Ensino Médio de várias escolas do país. A ONHB ocorre anualmente e está em sua 12ª edição.

Devido ao contexto de pandemia vivenciado pelo mundo inteiro, a fase presencial que acontecia após essa última etapa online, não vai acontecer este ano. Portanto, as equipes com boa pontuação e classificadas entre as 400 melhores do país receberão medalhas de ouro, prata ou bronze, dependendo da sua colocação.

A fase final acontece até a próxima sexta-feira (30) e as equipes premiadas serão conhecidas até a segunda semana de Novembro.

Comunicação EAJ

Compartilhar