MACAÍBA ESTÁ PREPARADA PARA NOVA ONDA DO CORONA VIRUS?

O que antes na época da primeira onda do CORONA VÍRUS tinha sido alertado pelas autoridades científicas que existia a possibilidade de passado esse primeiro processo de contaminação do corona vírus que atingiu todo o mundo, a possibilidade de nova onda de contaminação tendo em vista que a vacina ainda não foi totalmente testada e garantida sua utilização, está acontecendo na Europa.

Países como França, Alemanha e Reino Unido entre outros países europeus, já registram casos alarmantes de novos contágios de COVID-19 e já começam a construir novos procedimentos de LOOK DOWN.

A pergunta que se produz após esta infeliz constatação é: O Brasil passará por essa nova onda?

Infelizmente com resposta dada por cientistas É POSSÍVEL SIM, que tenhamos que vivenciar momentos parecidos como os de março e abril em nosso País.

E a nossa cidade de Macaíba está preparada para NOVA ONDA de INFECÇÃO DO CORONA VIRUS COVID-19?

Para ajudar na reflexão desta pergunta vou elencar aqui alguns fatores que as autoridades competentes de nossa cidade, a citar : PREFEITO E VEREADORES(AS) não realizaram:

1 – Na primeira ONDA DO CORONA VIRUS nos meses com maior incidência foi repassado pelos governos Estadual e Federal a importância atualizada nos dias de hoje de R$ 7.250.018,06 (Sete milhões, duzentos e cinquenta mil, dezoito reais e seis centavos), no entanto em nenhum momento a câmara municipal convocou a SECRETARIA DE SAÚDE MUNICIPAL para pensar no que gastar ou mesmo prestar contas de tal valor aportado nos cofres municipais;

2 – Em nenhum momento o Prefeito da cidade convocou a sociedade civil organizada, inclua-se nesta dimensão organizativa os empresários e os trabalhadores para pensar um PLANO LOCAL DE REVITALIZAÇÃO DA ECONOMIA pós Pandemia;

3 – Em nenhum momento a Prefeitura, Câmara Municipal de Macaíba e Governo do estado do Rio Grande do Norte sentaram com a participação da sociedade civil para pensar o papel do HOSPITAL REGIONAL ALFREDO MESQUITA FILHO. O hospital continua com sua dimensão obsoleta e infrutífera para região.

Um hospital do porte de Macaíba, limite com 9 cidades precisa ter uma dimensão regional com capacidade e porte para tal dimensão.

Qual ente (estado, Prefeitura ou Câmara Municipal) se preocupou em construir um pacto com MACAÍBA e as cidades limites: SÃO GONÇALO DO AMARANTE, NATAL, PARNAMIRIM, BOM JESUS, IELMO MARINHO, SÃO PEDRO, BOA SAÚDE, VERA CRUZ E SÃO JOSÉ DE MIPIBU para que estas cidades se tornem cogestoras do HOSPITAL REGIONAL ALFREDO MESQUITA FILHO. Colocando recursos e efetivando parcerias para que o hospital funcione atendendo a todos desta região? Qual?

4 – A Prefeitura não fez o cadastro de todos os feirantes e micro comerciantes do comércio local para a luz de um diagnóstico preciso criar um acompanhamento destes microempreendedores para torná-los parceiros do combate ao contágio do vírus e ao mesmo tempo superar a Pandemia com o isolamento social sem perder o seu papel de empreendedorismo;

Infelizmente a Pandemia chegou, se proliferou, macaibenses morreram, famílias ficaram desestruturadas e inclusive o desemprego hoje superar milhares em nossa cidade, mas os entes constituídos não construíram um PLANO MUNICIPAL DE COMBATE AO CORONA VÍRUS COVID-19 com foco na saúde e na assistência social.

Foi realizado um COMITÊ que pouco se reuniu, mas apenas no debate da saúde.

E o corona vírus Covid-19 não atingiu apenas a saúde de nosso povo.

A saúde e a economia.

Priorizar também a economia é gesto primordial, no entanto, o gestor e seus pares do legislativo deveriam ter pensado a economia.

Infelizmente não foi realizado tal ação.

E o mais grave é que tendo em vista o alto índice de aglomerações na cidade motivadas pelo processo eleitoral, existe a probabilidade de que caso sejamos atingidos com nova ONDA DO CORONA VÍRUS COVID-19 será de forma mais agressiva. Tendo em vista a propagação em grande quantidade.

Caso sejam confirmadas as previsões de uma nova onda de INFECÇÃO do Corona Virus em nosso Brasil e portanto Macaíba, como vamos REAGIR?

Tudo do mesmo jeito?

Por que não acumulamos experiência e técnica para superar CRISES?

Ação Popular Macaíba

Compartilhar