Pesquisadores paulistas conhecem projeto do Parque Científico Tecnológico

Os pesquisadores Elson Longo e Valéria Longo iniciaram uma série de visitas e reuniões no estado na manhã desta segunda-feira, 27, quando conheceram o projeto do Parque Científico Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX). A assessora especial do gabinete da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que coordena o projeto do Parque, ngela Maria Paiva Cruz, e o diretor da Agência de Inovação (AGIR), Daniel de Lima Pontes, defenderam que a conjunção de fatores como os projetos estratégicos definidos pela UFRN para o próximo decênio, a infraestrutura construída disponível e a qualificação dos docentes são diferenciais.

Angela Paiva detalhou ainda que a ideia é que o Parque Científico e Tecnológico esteja voltado principalmente para as áreas de Energias, Reabilitação em Saúde e Indústria 4.0. Durante a exposição, na Sala de Reuniões da Secretaria de Relações Internacionais (SRI), Daniel Pontes pontuou que já existe uma área construída de 15 mil metros quadrados, que será adaptada para este tipo de projeto de fomento ao desenvolvimento de inovação, com a integração entre o setor produtivo e a universidade. No local, haverá centro de inovação, incubadora multissetorial, aceleradora, agência de inovação e um Health Tech Lab. Além disso, as empresas que se instalarem na área vão contar com incentivos fiscais, relacionamento com os pesquisadores e outras condições adequadas ao desenvolvimento tecnológico.

Doutor em Físico-Química pelo Instituto de Física da USP-São Carlos, Elson Longo publicou mais de mil artigos em revistas internacionais e gerou mais de 850 trabalhos em congressos. Atualmente, é Diretor do Centro para o Desenvolvimento de Materiais Funcionais da Fapesp e mantém forte intercâmbio com instituições nacionais e internacionais de pesquisa na Espanha, França, EUA e Itália. “É interessante termos o cultivo ao empreendedorismo inserido neste projeto, por isso a importância das startups”, colocou. Ambos pesquisadores são vinculados à Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e serão recebidos pela governadora Fátima Bezerra na manhã desta terça-feira, 28, logo após visita às instalações do PAX. Além disso, na quinta-feira e na sexta-feira, 30 e 31 respectivamente, proferem palestras para os alunos e docentes dos programas de Química e de Ciência e Engenharia de Materiais e também para os alunos de Ciências Farmacêuticas e Desenvolvimento e Inovação em Medicamentos.

Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX)

Localizado na cidade de Macaíba/RN e com uma área prevista de 50 hectares, o Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX) está inserido em um ambiente de inovação proveniente da parceria entre Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação/ICTs, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Federação das Indústrias, Federação do Comércio, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e prefeituras da Região Metropolitana de Natal. O Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo contará também, em seu ecossistema, com incubadora e aceleradora de empresas, oferta de serviços de propriedade intelectual por meio da Agência de Inovação da UFRN e de diversos laboratórios de pesquisa e inovação das ICTs associadas.

Wilson Galvão de Ascom AGIR

Compartilhar