Polícia Ambiental resgata jiboia de 3 metros em rua na Zona Oeste de Natal

Foto: Cipam/Divulgação

G1 RN –  Uma cobra jiboia com cerca de 3,5 metros foi resgatada por policiais militares da companhia de proteção ambiental em uma rua da Zona Oeste de Natal, na tarde desta quarta-feira (15). O animal foi levado e solto em uma área de preservação ambiental no litoral norte da região metropolitana.

O chamado ocorreu por volta das 14h na rua Thiago Queiroz, no bairro Guarapes. A população, que acionou a polícia, acompanhou o processo de captura da cobra. De acordo com a Companhia Independente de Proteção Ambiental (Cipam) da Polícia Militar, o resgate ocorre quando o animal sai da área de mata nativa e acaba chegando em áreas urbanas.

“Isso é muito comum nesse período do ano, por causa das chuvas. Como há mais áreas com águas e poças, animais como cobras e jacarés, que precisam de água, acabam se deslocando mais para procurar comida. Com isso, acabam chegando a áreas urbanas”, explicou o tenente Ivaldo Filho.

Apesar de ser comum o resgate de animais silvestres como jacarés e jiboias em Natal, a companhia disse que normalmente as cobras encontradas são menores. A polícia recomenda que, ao encontrar uma jiboia, a população entre em contato imediatamente com a Cipam e evite tentar capturar o animal.

De acordo com ele, a Jiboia não é peçonhenta, ou seja, não é venenosa. Porém, ao se sentir ameaçada, ele pode morder e “abraçar” a pessoa. Mesmo sem veneno, a ferida pode infeccionar e causar risco de morte.