Preso dono de empresa de segurança suspeito de matar moradora de rua

A Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), com apoio de policiais civis da Delegacia Especializada de Capturas (DECAP), prendeu, na manhã desta quarta-feira (27), Stanley Brennand de Carvalho, 42 anos, suspeito de ser um dos homens que matou a moradora de rua, Francisca Lúcia Silva de Moura, e que tentou matar o companheiro dela, no dia 14 de dezembro de 2018, no bairro de Candelária, zona sul de Natal. Stanley Brennand foi preso pelos policiais civis da DHPP, mediante o cumprimento de um mandado de prisão temporária, após ter se apresentado na DECAP.

Stanley Brennand de Carvalho, dono de uma empresa de segurança particular, além do vigia de rua Cristóvão Batista da Costa, que foi preso no último sábado (23), foram indiciados por homicídio e tentativa de homicídio.

O crime – as vítimas estavam dormindo numa calçada, quando Stanley e Cristóvão chegaram e atiraram nelas, matando Francisca. A polícia está apurando a participação de um terceiro homem que aparece em imagens de câmeras de segurança, na companhia de Stanley e Cristóvão, minutos antes do crime. Stanley Brennand é ex-lutador de jiu-jitsu, ex-segurança de um bar em Candelária, e dono de uma empresa de segurança particular no mesmo bairro, enquanto Cristóvão é vigia de rua.

Compartilhar