Secretaria de Educação cria burocracia pra prejudicar servidor

A Secretaria de Educação do Rio Grande do Norte determinou que para o servidor ou servidora acessar um processo administrativo, mesmo que ele seja seu, é preciso solicitar no gabinete do Secretário de Educação. Somente depois que o gabinete autorizar, o(a) servidor(a) vai ter acesso ao processo. Com a medida, a tentativa é diminuir ações judiciais.

Antes, qualquer servidor ou servidora que tivesse um processo poderia se dirigir ao arquivo, tirar cópia do próprio processo e devolver ao arquivo o material original.

Pensando em uma servidora que vem de Venha Ver, mais de 450km distante, viajando mais de 06 horas, e que quando chega em Natal vai no gabinete, solicita a autorização pra ter acesso ao seu processo e o responsável pela autorização não está presente na secretaria, o trabalhador ou a trabalhadora vai perder um dia inteiro.

O SINSP considera absurda essa medida e espera que a secretaria retorne ao que era feito anteriormente.

Por Sinsp/RN

Compartilhar