Nossa redação recebeu informações de fonte fidedigna que a gestão atual está realizando um levantamento minucioso sobre o sucateamento das escolas públicas municipais. Ao todo estão sendo inspecionadas 43 escolas através do Setor Administrativo e Financeiro, com o auxílio da Secretaria de Infraestrutura. Ainda segundo informações e, também, fotos obtidas com exclusividade, a situação é crítica.

Tarefa difícil

A secretaria de Infraestrutura tem uma tarefa quase impossível pela frente, tendo em vista que, são muitas pendências deixadas pela gestão anterior.

O Senadinho divulgará em breve mais informações e imagens.


Um prejuízo ao crime organizado de 430 mil reais

APolícia Rodoviária Federal apreendeu, no final da tarde desta sexta-feira (15/01), no Km 159 da BR 406, em Ceará-Mirim/RN, um veículo com 86 mil maços de cigarros contrabandeados.

Durante ronda, os policiais visualizaram um veículo micro-ônibus Ducato em atitude suspeita e deu ordem de parada. O condutor empreendeu fuga até chegar na comunidade de Massaranduba, em Ceará- Mirim, quando pulou do veículo em movimento.

O micro-ônibus parou ao atingir um poste de energia elétrica. Dentro havia 86 caixas de cigarros da marca Ibiza, totalizando 86 mil maços, sem qualquer comprovação fiscal.

Veículo e material encaminhados para a Receita Federal, em Natal/RN.

Fonte: Núcleo de Comunicação Social da PRF

O presidente Jair Bolsonaro afirma que a vacina é do Brasil e não de um governador de estado. A fala faz menção a CoronaVac, desenvolvida em parceria entre o Butantan e a Sinovac, laboratório chinês.

Sem fazer nenhuma menção ao início da vacinação desde esse domingo(17), o presidente disse que estando aprovado pela Anvisa, não há mais o que discutir.

Bolsonaro disse que agora havendo disponibilidade o Brasil vai atrás de contratos com vacinas.

Via BG


Neste início de 2021, o Centro de Saúde Luís Antônio Fonseca Santos, mais conhecido como Posto da Maré, está recebendo uma série de novos equipamentos para melhor atender a demanda de usuários que procuram diariamente os serviços oferecidos na unidade.

Entre os equipamentos recém-adquiridos pela gestão municipal, estão: uma maca ginecológica, um sonar e um aparelho de eletroterapia para fisioterapia, explicou Agricio Lapenda, diretor executivo do Posto da Maré. Os equipamentos chegaram durante a semana passada. Ainda nesta semana, será instalada mais uma maca ginecológica.

De acordo com Agricio Lapenda, os novos equipamentos chegam para otimizar os atendimentos nas áreas de ginecologia, obstetrícia, fisioterapia e ortopedia.

O Posto da Maré conta com 28 especialidades médicas, sendo um dos mais completos e importantes centros de saúde pública da Grande Natal, referência para toda a região. Neste mês de janeiro, a nova gestão municipal do prefeito Emídio Jr. também providenciou a inclusão de um clínico geral.

Assecom-PMM

Foto: ilustração/Reprodução

A prestação de serviços públicos do Governo do RN à população, em especial no interior do Estado, está passando por uma forte reestruturação focada na melhoria das atividades da Central do Cidadão. Em 2021, o Poder Executivo estadual abrirá três novas unidades do órgão nas cidades de Macaíba, Nova Cruz e Natal, todas em prédios que estão sendo construídos conforme o padrão do Programa de Atendimento ao Cidadão, da Secretaria de Estado da Administração (SEAD), obedecendo a um modelo de gestão priorizando a eficácia dos serviços prestados.

Juntas, as três obras somam R$ 4,4 milhões em investimentos, recursos do Governo do Estado via empréstimo junto ao Banco Mundial, em parceria com o Projeto Governo Cidadão e Secretaria Estadual de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas).

Localizada no Monte Líbano, a unidade de Macaíba possui uma área de 650 m² que está em início de construção – 15,22% executadas com o montante de R$ 1,8 milhão.

Com Informações do Macaíba no Ar

A Subsecretaria do Trabalho da Sethas-RN, através do SINE-RN, oferece hoje 83 vagas de emprego para Natal e Região Metropolitana (RM), com uma vaga para pessoa com deficiência, Santa Cruz e região.

Para concorrer às vagas, o(a) candidato(a) deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou nos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, disponíveis para Android e IOS.

Neste momento, devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Sine-RN está com atendimento presencial realizado mediante agendamento.

Em Natal, os telefones para agendamento da unidade matriz, em Candelária, são: (84) 3190-0783, 3190-0788, 98106-6367 e 98107-4226.

Os agendamentos e atendimentos acontecem de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. Siga o Sine-RN no Instagram: @sine.rn

VEJA AS OFERTAS DE VAGAS DE EMPREGO POR OCUPAÇÃO:

NATAL e GRANDE NATAL – (01 Vaga PCD – Pessoas com Deficiência)
PROMOTOR DE VENDAS 01

NATAL e GRANDE NATAL – (79 Vagas Permanentes)
ATENDENTE DE BALCÃO 02
ATENDENTE DE MESA 01
ENCARREGADO DE SEÇÃO DE CONTROLE DE PRODUÇÃO 01
LEITURISTA 05
LUBRIFICADOR DE AUTOMÓVEIS 01
OPERADOR DE TELEMARKETING ATIVO E RECEPTIVO 01
PROMOTOR DE VENDAS 60
TÉCNICO AGRÍCOLA 01
TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO (INSTALAÇÃO) 02
TÉCNICO ELETRÔNICO 01
VENDEDOR PRACISTA 04

NATAL e GRANDE NATAL – (02 Vagas Temporárias)
EMBALADOR, A MÃO 02

SANTA CRUZ e região
CONSULTOR DE VENDAS 01

Casa ficou revirada após latrocínio em fazenda em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. Dono da fazenda e filho foram mortos e criança ficou ferida. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Criminosos invadiram uma fazenda e mataram um homem de 44 anos, seu filho de 21 anos e balearam um neto de 6 anos na cabeça, no final da tarde deste domingo (17) na zona rural de São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. Na fuga, os criminosos roubaram armas, dinheiro, um carro, entre outros bens da família. Nenhum suspeito foi preso.

A fazenda invadida fica na comunidade Olho D’água do Chapéu, na zona rural de São Gonçalo do Amarante. A casa ficou completamente revirada após o crime.

As vítimas foram identificadas como José Maria Monteiro, de 44 anos e Deilson Cassimiro Monteiro, de 21 anos. O menino de 6 anos, neto de José Maria criado pelo avô, está internado em uma UTI no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal.

Outras três pessoas estavam no local e foram poupadas pelos criminosos: a esposa de José Maria e outros dois filhos do casal: um adolescente de 15 anos e uma criança de 5. Pelo menos quatro bandidos, encapuzados e armados participaram do crime.

De acordo com as testemunhas, o dono da fazenda tinha ido ao curral soltar o gado, quando retornava para casa com o neto de seis anos e um filho de cinco anos. Os meninos perceberam os criminosos se aproximando e falaram para José. Eles entraram rapidamente na casa e os adultos ainda tentaram segurar a porta mas não conseguiram – os bandidos arrombaram e invadiram a residência.

Segundo a mulher, o marido tinha duas armas de fogo em casa e tentou reagir, porém, não conseguiu. Os bandidos mataram as vítimas com tiros de espingarda calibre 12, balearam a criança e fugiram em seguida roubando o carro da família, pouco mais de R$ 1000 em dinheiro, celulares, um revolver, uma espingarda e as chaves das motos.

A mulher que testemunhou tudo disse que um bandido era o mais violento do bando e queria matar toda a família. Foi quando um outro assaltante interferiu.

José Maria era coveiro na comunidade de Olho D’água do Chapéu e muito conhecido na região.

“Eu quero dizer para vocês (criminosos) que vocês tiraram minha família, vocês acabaram com minha vida. Mas eu não quero nada de mau com vocês. Que Deus olhe vocês e faça com que vocês mudem esses pensamentos ruins. Eu não conheço vocês nem quero conhecer. Meu marido foi embora, meu filho foi embora, meu neto está mau no hospital, mas quero que Deus abençoe vocês”, desabafou a mulher.

G1 RN

O Governo do Rio Grande do Norte já discutiu e elaborou todo o esquema logístico para garantir que as vacinas contra a Covid-19 cheguem à população com total segurança.

Na sexta-feira (15), em videoconferência realizada com a participação de membros do Governo Federal e secretarias estaduais de Segurança Pública e da Saúde, foram definidos os últimos acertos para quando as primeiras doses do imunizante chegarem ao estado, sejam elas a Coronavac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo, ou a vacina da Universidade de Oxford/Astrazeneca, que está sendo produzida por um laboratório na Índia.

As doses da Coronavac começam a ser distribuídas com os estados brasileiros ainda nesta segunda (18). Neste primeiro momento, cerca de 82 mil doses da vacina serão enviadas ao Rio Grande do Norte. A prioridade são os profissionais da saúde que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus.

Segundo o titular da SESED, coronel Francisco Araújo Silva, assim que as vacinas desembarcarem em território potiguar, o recebimento será feito pela Polícia Federal. Ao deixarem o aeroporto, serão escoltadas pela Polícia Rodoviária Federal até a sede da Unicat, em Natal. Uma vez em poder do Estado, a guarda da vacina passa a ser de responsabilidade da Polícia Militar.

“Quando as vacinas deixarem a Unicat para serem distribuídas com as regionais de saúde, a segurança também será feita por policiais militares. As vacinas seguirão para o interior em viaturas do Corpo de Bombeiros escoltados pela Polícia Militar. Nas rodovias federais, guarnições da PRF voltam a dar apoio à logística montada para o transporte. Assim que as doses chegarem aos municípios, o Estado continua a garantir a integridade dos imunizantes. Neste momento de pandemia e de muita ansiedade pela vacina, a missão de garantir a segurança de todo o material é de extrema importância e responsabilidade para o governo estadual, principalmente para a Secretaria de Segurança”, enfatizou o coronel Araújo. Ler mais…

Foto: Sesap-RN/Divulgação

A Sesap reuniu todas as regionais de saúde durante este domingo (17) para alinhamento da execução do Plano Estadual de Operacionalização e o início da Vacinação no Rio Grande do Norte. Participaram, em quatro momentos diferentes, 254 pessoas, envolvendo secretários municipais de saúde, coordenadores de Atenção Primária dos municípios, coordenadores de vigilância/imunização dos municípios, profissionais vacinadores, Cosems, gerentes de URSAP e equipes técnicas – rede de frio.

A Sesap conduziu a reunião com representantes da Coordenadoria de Vigilância em Saúde, Suboordenadoria de Vigilância Epidemiológica, Subsecretaria de Planejamento e Gestão da Sesap, além do secretário de saúde Cipriano Maia e a secretária adjunta Maura Vanessa Sobreira.

A reunião teve como alicerce informações essenciais para a preparação de todos os profissionais para a vacina da maneira mais eficaz e correta. A previsão é que o estado receba as doses do Instituo Butantan, com previsão da aplicação de 239 mil doses na primeira fase. Na ocasião foi apresentado o plano e as estratégias da distribuição e manejo dos imunizadores. A previsão é que as vacinas cheguem em solo potiguar na manhã desta segunda-feira (18), passe por conferência e armazenamento, preparação das remessas, distribuição para as centrais regionais até a retirada nas centrais, num prazo de até 72 horas.

Os imunobiológicos serão distribuídos com apoio do Corpo de Bombeiros e a escolta será realizada pela Política Militar e Polícia Rodoviária Federal. No ato da distribuição para as regionais todos serão comunicados do horário a ser agendado para a retirada as doses nas regionais, para que a distribuição ocorra da maneira mais célere possível.

RN Mais Vacina

Criado pelo Laís em parceria com a Sesap a plataforma “Rn Mais Vacina”, permite maior controle sobre as doses das vacinas, reduzindo desperdícios e ampliando a governança dos processos, centrado na experiência do profissional de saúde e do cidadão. O sistema é integrado e permite o rastreio da vacina desde o seu recebimento na Central Estadual da Rede de Frio, até a aplicação na sala de vacina, com uma interface web intuitiva e acessível.

Para o controle, a Sesap fez a distribuição de mil tablets em todas as salas de vacina, facilitando o acesso de todos. O sistema proporciona o cruzamento de dados que identifica incidentes e gera alertas e relatórios centrados na experiência do cidadão e do profissional de saúde.

Capacitação

A Secretaria de Estado da Saúde Pública, em parceria com as Universidades Estadual e Federal do Rio Grande do Norte, o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN) e com o apoio logístico do Município de São Gonçalo do Amarante, produziu uma capacitação inédita aos vacinadores que atuarão nas 711 salas de vacinação espalhadas pelo Estado.

O objetivo é atualizar esses profissionais de saúde sobre as rotinas, organização, materiais a serem utilizados e, especialmente, a forma correta de aplicação do imunizante. O conteúdo, construído de forma inédita no Brasil, está disponível através do AvaSUS, plataforma que oferece cursos online na área da saúde.

Foto: PMRN

PM/ASSECOM – No final da manhã deste domingo (17/01), a Polícia Militar de Macau foi acionada após uma adolescente de 12 anos de idade dar entrada no Hospital Regional Antônio Ferraz com suspeitas de ter sido vítima do crime de estupro, o qual foi comprovado por exame pericial.

Imediatamente os policiais militares da Sede da 1ª CIPM realizaram intensas diligências as quais culminaram na localização do acusado, o qual recebeu voz de prisão dos policiais e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Macau, onde foi devidamente autuado em flagrante delito.

Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

G1 RN – Quase metade dos inscritos para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não compareceram ao primeiro dia de provas neste domingo (17) no Rio Grande do Norte, de acordo com dados preliminares divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela prova.

Dos mais de 129,1 mil inscritos no estado, houve abstenção de de 60.505 (46,9%). Já o número de candidatos que foram aos locais de prova chegou a 68.597. Em 2019, as abstenções tinham representado 20,5%.

Ao todo, a prova contou com 4.622 salas distribuídas em 361 locais de votação em 40 municípios potiguares. O número foi maior que o de 2019, quando o estado contou com 236 locais e provas e 3.281. Segundo o Inep, entre as medidas de prevenção à Covid-19, estava a redução do número de pessoas por sala de aula.

O índice de abstenção do estado ainda ficou abaixo do percentual total do país, que foi de 51,5%. Embora seja preliminar, o número já indica o maior percentual de abstenção em toda a história do Enem. O maior índice havia sido registrado em 2009, com 37,7%. Em 2019, o índice do primeiro dia ficou próximo a 23%.


Neste primeiro domingo de provas, a aplicação teve 5 horas e 30 minutos de duração, das 13h30 até às 19h, com questões de ciências humanas (45), linguagens e códigos (45 questões, sendo 5 de língua estrangeira) e redação.

No Rio Grande do Norte, estudantes que foram aos locais de prova afirmaram que estavam temerosos em relação à possibilidade de contaminação pelo novo coronavírus.

Em pelo menos quatro estados, estudantes foram barrados de fazer o Enem por causa de lotação das salas de prova e informados que teriam que participar de reaplicação de provas.


Operação articulada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública foi realizada com êxito. Voo da FAB chegou às 2h50 desta segunda-feira (18).

O Estado do Rio Grande do Norte recebeu, na madrugada desta segunda-feira (18), 12 pacientes transferidos do Amazonas, a pedido da secretaria de saúde daquele estado. O avião pousou às 2h50 na Base Aérea de Natal (Bant), em Parnamirim. A operação, coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), contou com apoio da Força Aérea Brasileira (FAB), que fez o transporte dos enfermos e da equipe médica, das forças de segurança estaduais e federais, da Samu Natal e RN e também da STTU (Secretaria de Municipal de Mobilidade Urbana). O secretário Cipriano Maia (Sesap) estava presente na chegada do voo e deu as boas-vindas oficialmente aos amazonenses.

“Trata-se de uma operação humanista, de amor ao próximo, de grande relevância para a saúde pública na defesa da vida dos amazonenses, que aqui chegam e que são bem acolhidos para serem atendidos”, declarou. Inicialmente seriam 10 pacientes, mas a secretaria do Amazonas solicitou mais duas vagas à rede estadual hospitalar do RN. Os dois enfermos adicionais foram transferidos para o Hospital Giselda Trigueiro e 10 estão no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), que integra a rede de instituições coordenada pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) e está recebendo pacientes do Amazonas em diversos estados brasileiros.

“Tudo está preparado para que os pacientes recebam o tratamento da melhor forma possível. Aqui no Rio Grande do Norte, teremos todo apoio tanto da equipe do HUOL como do Giselda e da Sesap para garantir informações aos familiares e o devido apoio à distância com a secretaria de saúde do Amazonas”, afirmou Cipriano. Segundo ele, o RN não corre risco de sofrer com a falta de oxigênio, fato garantido pela empresa que fornece o insumo ao estado.

“Tivemos uma decisão precavida, lá no início da pandemia, de instalarmos tanque de oxigênio em toda rede hospitalar do estado. Só tem um hospital que não tem e já estamos providenciando a instalação. Portanto, não temos risco imediato a não ser que haja problema de grande proporção”, explicou. Mas, mesmo com a disponibilidade de leitos e com a chegada da vacina, ele faz um alerta para a população manter os cuidados de prevenção, como uso da máscara, álcool 70º e distanciamento social.