Na última sexta-feira (23), a organização da Olimpíada Nacional de História do Brasil (ONHB) divulgou o número de equipes selecionadas para a fase final online da competição. Ao todo, o Rio Grande do Norte classificou 265 equipes para essa última etapa. Dessas, três são compostas por alunos da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN).

Esta é a quarta vez que a escola participa da Olimpíada e, pela segunda vez, a instituição consegue chegar nesta fase da competição. Ao todo, cinco equipes participaram da ONHB 2020 representando a EAJ-UFRN. As três que seguem na competição são compostas pelos alunos Maria Clara de Carvalho Almeida, Francisco Lucas Almeida da Costa e Judilena Albino Galvão Torres, da turma IF19; Roberto Willame Alves Arruda, Cayo Fernandes dos Santos e Emilly Dayane Freitas de Morais, da turma AI18; e João Henrique da Silva Felipe Dantas, Pedro Henrique Rodrigues de Souza e Marfisa Juliana da Silva, da turma AQ18.

A orientação e coordenação dos estudantes é feita pela professora Maiara Juliana Gonçalves. A professora lembra que ao longo dos anos a EAJ vem ganhando experiência na ONHB, o que tem feito com que avancem cada vez mais na competição. “A EAJ tem avançado bastante quanto ao seu desempenho. Posso dizer que a experiência na ONHB é única, a ponto de marcar os discentes que dela participam e de proporcionar uma forma divertida e crítica de aprender História do Brasil”, disse.

Ela conta ainda que a preparação esse ano foi mais difícil, tendo em vista as aulas suspensas, mas que, há pelo menos dois anos, existe um projeto de extensão para estimular os estudantes a participarem da Olimpíada. O projeto conta com um bolsista voluntário, o estudante do curso de História da UFRN, Ewerton Lucas da Rocha Xavier. Ewerton participou de algumas edições da ONHB e tem auxiliado os estudantes nesse processo. Ler mais…


Crédito da Foto: Eduardo Maia

Durante a sessão ordinária desta terça-feira (27), no horário destinado aos deputados, foram levantados temas de ordem honorífica, como a indicação para título de cidadão Norte-rio-grandense e a congratulação à Força Aérea Brasileira pelos seus 79 anos; bem como se alertou para a continuidade da pandemia e para os episódios de insegurança relacionados às eleições municipais.

Vivaldo Costa (PSD) iniciou seu discurso apresentando um voto ao título de cidadão Norte-rio-grandense à médica e professora de Odontologia da UFRN (Campus Caicó), Maura Sobreira.

“Todos aqui sabem que eu tenho sido muito econômico na concessão de títulos de cidadão. Eu cheguei nesta Casa há 45 anos e só concedi 4 títulos de cidadão Norte-rio-grandense, uma média de 10 anos para conceder. Porque eu sou criterioso e acho que pouca gente merece essa honraria. Mas hoje eu quero apresentar um voto de cidadão Norte-rio-grandense à professora do curso de Odontologia de Caicó, Maura Sobreira. No caso da doutora Maura, diretora do Hospital Regional do Seridó até pouco tempo atrás, esse título é mais que merecido”, ressaltou.

Segundo Vivaldo, Maura Sobreira realizou um notável trabalho no enfretamento à Covid-19, através da equipe competente que montou no hospital.

“Quero destacar também o trabalho desenvolvido pelos médicos, enfermeiros, agentes de endemias, técnicos de enfermagem, motoristas de ambulância, pessoal da limpeza e burocrático. Todos sob a liderança da doutora Maura. E o resultado foi altamente positivo. O índice de mortalidade foi o mais baixo do Estado. A equipe médica bem treinada, supervisionada e eficientíssima. Em parte, devido ao trabalho de liderança, coordenação e competência da médica e professora Maura Sobreira, que é natural de Cajazeiras, Paraíba”, parabenizou.

Em seguida, Vivaldo Costa chamou a atenção para o fato de que a Covid-19 não acabou. “A doença continua fazendo vítimas. Está presente novamente na Europa, e há indícios de que ela vai se espalhar de novo por todo o mundo, então é preciso que a população permaneça em alerta”, frisou.

Concluindo, o parlamentar disse que “agora só nos resta esperar pela vacina. Temos algumas em estágio adiantado, como a CoronaVac, de origem chinesa, e a da Universidade de Oxford, na Inglaterra. Todas elas ainda estão sendo testadas, no estágio 3, mas com indícios fortíssimos de ser eficientes. Mas para que sejam aplicadas na população é preciso autorização da Anvisa, que é um órgão sério, competente e comandado por técnicos de alto nível. Portanto, vamos continuar nos cuidando”, finalizou Vivaldo.

Na sequência, Coronel Azevedo (PSC) começou parabenizando todos os cidadãos de Afonso Bezerra pelo aniversário de emancipação política. “Também quero mandar um abraço a todos os vereadores que, no ano passado, me concederam o título de cidadão daquela importante cidade do nosso rincão potiguar”, acrescentou.

O deputado celebrou ainda os 79 anos de história da Força Aérea Brasileira (FAB), na última sexta-feira (23). “No decorrer dos seus 79 anos de história, a FAB sempre manteve seu espírito guerreiro e combativo, que enfrenta seus desafios olhando para o alto. E no dia 23 de outubro também se comemora o Dia do Aviador, ocasião em que lembramos de Alberto Santos Dumont, considerado o Pai da Aviação, que em 23 de outubro de 1906 fez o primeiro voo a bordo do 14 Bis, na França”, destacou.

O parlamentar continuou, agradecendo sua indicação para a Medalha do Mérito Aeronáutico, maior honraria da Força Aérea Brasileira. “Diante de datas tão importantes, quero agradecer por ter meu nome indicado para receber a Medalha do Mérito Aeronáutico, que é a maior honraria da FAB, concedida em reconhecimento pelos serviços prestados à Aeronáutica, por personalidades civis e militares. A entrega foi feita na sexta-feira passada, em Recife, no Comando Aéreo Regional, e eu não pude participar por estar na condição de candidato a prefeito de Natal”.

Coronel Azevedo disse ainda se sentir honrado por ter sido o único deputado estadual do Brasil indicado para receber a honraria. “A portaria foi assinada pelo Ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, concedendo tal comenda que muito me orgulha e renova meu compromisso com a Pátria. O meu muito obrigado e parabéns à Força Aérea Brasileira, asas que protegem o País”, disse.

Por fim, o deputado relatou um acontecimento de desentendimento político no interior do Estado que virou assunto policial.

“Também quero trazer aqui um lamentável e grave caso, que precisa ser apurado e configura um perigoso estilo de cangaço eleitoral. Aconteceu em São Pedro do Potengi, no domingo (18). Estou alertando para que mais uma tragédia não aconteça. Existe um homem humilde, pacato, de 64 anos, chamado de Zé da Caçamba, vereador conhecido em toda a região pelo seu comportamento sério. Ele prestou queixa ao delegado Otacílio de Medeiros porque estava se dirigindo à padaria do seu irmão, quando se deparou com o filho do atual prefeito do município, conhecido como Miguelzinho, que o ameaçou, dizendo que se Zé da Caçamba soltasse fogos na cidade ele o mataria a tiros de pistola”, contou.

Coronel Azevedo frisou que não permitirá que isso continue acontecendo nestas eleições. “O nosso Rio Grande do Norte precisa respeitar a democracia e garantir eleições seguras. Eu e o colega Ubaldo Fernandes estamos vigilantes e vamos garantir isso diuturnamente”, garantiu.

A Casa do Povo mais uma vez fez história, quando na manhã desta segunda-feira (26) se reuniu em sessão solene para comemorar os 143 anos de emancipação política de Macaíba. Na oportunidade o secretário de cultura Marcelo Augusto falou sobre a tão rica história da nossa terra. Professores, alunos e a população em geral se fizeram representar por todos que compareceram a Casa Legislativa.

Na qualidade de vereadora e presidente da casa, quero agradecer a todos e a cada um, dizendo a uma só voz “esperança é uma semente que nasce e que brota neste lugar” parabéns, Macaíba, disse Marijara Luz Ribeiro Chaves (Dadaia), presidente da Câmara Municipal de Macaíba.

Desde o primeiro mandato, Dadaia faz questão de realizar à sessão solene para manter viva a memória e a importância de celebrar o aniversário da cidade.

Corte negou recurso do gestor municipal, que foi multado em R$ 5 mil pela irregularidade

Por maioria de votos, a corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) condenou o prefeito de Assú, Gustavo Montenegro Soares, por propaganda política antecipada. A decisão manteve a sentença proferida pela juíza Suzana Paula de A. Dantas Corrêa, da 29ª Zona Eleitoral de Assú. O gestor municipal foi multado em R$ 5 mil pela irregularidade.

Em maio deste ano, o prefeito distribuiu máscaras para a população da cidade, como medida de contenção da pandemia do Covid-19. O prefeito apareceu em um vídeo de divulgação da distribuição utilizando uma máscara na cor vermelha, que representa o partido que faz parte.

De acordo com a defesa, foram 80 mil adereços de proteção distribuídos. “Além de um lote doado pela iniciativa privada, com máscaras totalmente brancas, também foram doadas máscaras com cores variadas pelo Governo Estadual. Destas, 5 mil eram na cor vermelha”, afirmou o advogado Wlademir Capistrano.

O relator do processo, Desembargador Cláudio Santos, negou recurso da defesa do prefeito. “É nítida a conotação eleitoral na divulgação de imagem do prefeito utilizando máscara na cor de seu partido para anunciar a doação dos adereços”, afirmou.

Ao acompanhar o relator, o juiz eleitoral Carlos Wagner ressaltou a escolha do prefeito pela cor do próprio partido. “Houve recebimento de máscaras de diversas cores, como disse a defesa. O prefeito poderia ter escolhido qualquer outra cor, mas optou por aquela que representava sua então pré-candidatura, que se oficializou como candidatura”, disse.

Maria Izabel Montenegro teve recurso negado pela corte eleitoral; Candidaturas do vereador Manoel Bezerra e do suplente Claudionor dos Santos também foram rejeitada

Na sessão de julgamentos desta segunda-feira (26), a corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) negou o pedido de candidatura a reeleição da vereadora de Mossoró Maria Izabel de Araújo Montenegro, conhecida como Izabel da Caixa, que é presidente da Câmara de Vereadores da cidade.

A decisão do colegiado negou o recurso pedido por Izabel, mantendo a decisão da 34ª Zona Eleitoral de Mossoró, que rejeitou a candidatura da parlamentar municipal por ela estar inelegível nos termos da Lei Complementar nº 135/2010, a Lei da Ficha Limpa.

Outro vereador mossoroense teve a candidatura a reeleição negada em processo idêntico. Manoel Bezerra de Maria também foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa por crimes contra a economia popular, a fé pública, a administração pública e o patrimônio público.

Além dos dois atuais parlamentares municipais, Claudionor Antônio dos Santos também teve a candidatura impugnada por se enquadrar na Lei da Ficha Limpa. Ele já foi vereador de Mossoró por dois mandatos e está como suplente da Câmara Municipal da cidade.


A EETI Alfredo Mesquita Filho, em parceria com a CENA TV, convida toda a comunidade macaibense, especialmente os estudantes, para assistir uma palestra sobre a fundação e o aniversário de Macaiba, dia 27 de outubro de 2020, as 15h, no canal da CENA TV.

Munistrada pelo historiador Anderson Tavares, a palestra abordará aspectos históricos e geográficos deste importante município da Região Metropolitana de Natal. Serão abordados a História e Geografia macaibense visando um aprofundamento no conhecimento do espaço e tempo do local em que nossas vidas de fato acontecem: o município. O evento faz parte das atividades educacionais remotas promovidas pela escola em tempos de pandemia.

Para assistir, acesse o link do canal: https://www.youtube.com/c/CenaTVplay


Após ter tido a legenda negada pelo atual presidente do PSB e seu primo, Netinho França, na manhã de hoje o vereador Dr Antônio reuniu seus apoiadores e informou que abre mão de buscar sua reeleição, mas não abre mão de uma Macaiba melhor para todos e que irá apoiar o lado da verdade e do projeto que quer o bem de Macaíba e por isso irá votar 15, votar Marília Dias.

Para o legislativo, Dr Antônio irá apoiar a educadora e vereadora que luta pela educação e pela juventude de Macaíba, a atual vereadora e postulante a reeleição, Professora Ismarleide.

Assessoria


A Polícia Federal, com o objetivo de auxiliar na prevenção e repressão de crimes eleitorais, utilizará 100 Aeronaves Remotamente Pilotadas (drones), em todo o território nacional nas Eleições 2020.

Os equipamentos serão alocados estrategicamente, sobrevoando zonas eleitorais e locais considerados de grande incidência de crimes eleitorais.

Ao flagrar uma situação suspeita, os operadores dos drones transmitirão as imagens à equipe mais próxima da Polícia Federal, que, imediatamente, se deslocará ao local para realizar a abordagem e conduzir os envolvidos à unidade policial, para a formalização dos procedimentos.

Os drones que serão utilizados possuem tecnologia de ponta, sendo capazes de se tornarem imperceptíveis ao realizarem voo em elevada altitude, e de identificarem suspeitos, placas de veículos, entregas de santinhos e situações de compra de votos, capturando imagens de alta nitidez.

A ação inovadora é uma das metas da Direção Geral da Polícia Federal, que tem orientado a utilização de novas tecnologias na repressão de delitos, e representa mais um esforço da instituição em cumprir seu papel constitucional de polícia judiciária eleitoral, mostrando que está preparada para combater os crimes eleitorais, garantindo um pleito seguro para que os cidadãos possam exercer livremente seu direito de sufrágio, nos limites da legalidade.

No RN, a Superintendência da PF em Natal e a Delegacia em Mossoró têm realizado uma série de treinamentos e simulações com drones, para que as ações tenham êxito durante o pleito eleitoral que se avizinha.


Crédito da Foto: Eduardo Maia

O deputado estadual Kleber Rodrigues (PL) fez pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (27) destacando o aniversário de 143 anos de emancipação política de Macaíba. “Parabenizo esse povo acolhedor que todos os dias acorda para lutar por qualidade de vida e desenvolvimento desse município do Rio Grande do Norte”, disse.

O parlamentar destacou a importância econômica e histórica do município. “Macaíba possui o distrito industrial que foi glorioso no passado e hoje diminuiu bastante, mas tem potencialidade para retomar esse caminho. Como deputado trabalho todo os dias para ajudar o município a crescer”, disse.

No aspecto histórico, Kleber citou os habitantes dos primeiros sítios ainda no século XVII e elencou macaibenses de destaque na história, como Eça de Souza, Henrique Castriciano, Otacílio Alecrim, Augusto Severo, Alberto Maranhão e Augusto Tavares de Lira.

“Macaíba tem história. Tem um passado rico e um futuro transformador”, finalizou.

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

G1 RN – Trabalhadores rodoviários anunciaram o encerramento da greve iniciada na última sexta-feira (23) e o transporte público de Natal deve voltar à normalidade até o início da tarde desta terça-feira (27), segundo confirmou o sindicato ao G1. A decisão foi tomada após a categoria fechar um acordo com as empresas de ônibus da capital.

O acordo foi firmado durante uma audiência da Justiça do Trabalho, comandada pela desembargadora Maria do Perpétuo Socorro, na manhã desta terça (27). Os trabalhadores cobravam pagamento do plano de saúde e do vale-alimentação, que tinham sido suspensos.

Desde a deflagração do movimento grevista, apenas 40% da frota estava circulando na capital.

Conforme o acordo, as empresas vão pagar o plano de saúde dos trabalhadores, com reajuste. Quanto ao vale-alimentação, será pago o equivalente a 50% até dezembro. Em janeiro, a discussão sobre o assunto será retomada.

De acordo com o diretor do Sindicato dos Rodoviários (Sintro), Harley Davidson, os diretores do sindicato comunicaram o fim da greve e o serviço deverá estar normalizado até o início da tarde desta terça (27).

Segundo o TRT, as negociações quanto às demais cláusulas da convenção seguem, mas sem o comprometimento da oferta do serviço de transporte público.

Foto: Marcello Casal Jr

A Caixa Econômica Federal liberou hoje (27) o saque em espécie e transferências do auxílio emergencial para 3,8 milhões de beneficiários nascidos em dezembro. Esses beneficiários, que não fazem parte do Bolsa Família, tiveram o dinheiro creditado na poupança social digital no dia 30 de setembro. Foram pagos, na ocasião, R$ 2,5 bilhões para esse público, no ciclo 2 de pagamentos do programa.

Com a liberação de hoje, a Caixa encerra o calendário desse ciclo. No ciclo 2 do auxílio emergencial, mais três públicos foram incluídos: trabalhadores que fizeram o cadastro nas agências dos Correios entre 2 de junho e 8 de julho; trabalhadores que fizeram a contestação pelo site da Caixa ou App Caixa Auxílio Emergencial de 3 de julho a 16 de agosto e foram considerados elegíveis; e beneficiários que tenham recebido a primeira parcela em meses anteriores, mas que tiveram o benefício reavaliado em agosto.

Aqueles que tiveram os pagamentos retidos receberam todas as parcelas a que têm direito de uma só vez, dentro do ciclo 2. Já os trabalhadores que optaram por realizar o cadastro nos Correios e aqueles que contestaram receberam a primeira parcela dentro do ciclo 2. As parcelas P2 e P3 serão pagas no ciclo 3 e as parcelas P4 e P5, no ciclo 4.

Os saques em dinheiro podem ser feitos nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui ou mesmo nas agências. A Caixa reforça que não é preciso madrugar nas filas à espera de atendimento. Todas as pessoas que comparecerem, de segunda a sexta, das 8h às 13h, serão atendidas no mesmo dia.

Além disso, ainda é possível movimentar os recursos pelo aplicativo Caixa Tem. Com ele, é possível fazer compras na internet e nas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, por meio do cartão de débito virtual e QR Code. O beneficiário também pode pagar boletos e contas, como água e telefone, pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas, ou transferir os recursos para outra conta.

Para o saque em espécie, é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção saque sem cartão e gerar código de saque. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. Esse código deve ser utilizado para a retirada do dinheiro.

O calendário de pagamentos do auxílio emergencial é organizado em ciclos de crédito em conta poupança social digital e de saque em espécie. Os beneficiários recebem a parcela a que têm direito no período, de acordo com o mês de nascimento. Já os beneficiários do Bolsa Família recebem o auxílio de acordo com o calendário e critérios de pagamento do programa. Ler mais…


A Polícia Federal, com apoio da Receita Federal do Brasil e da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI), deflagrou na manhã desta terça-feira, 27/10, em Mossoró/RN, a Operação Falsos Heróis, que investiga as atividades de organização criminosa voltada à prática de contrabando de cigarros e produtos falsificados.

Cerca de 165 policiais federais estão cumprindo 26 mandados de busca e apreensão e 8 mandados de prisão preventiva nos estados do Rio Grande do Norte (Areia Branca, Tibau e Mossoró), Pará (Belém e Ananindeua) e São Paulo (capital), além de ter sido determinado o cumprimento de medidas cautelares diversas da prisão com relação a outros nove investigados, bem como o sequestro judicial de 22 contas bancárias.

As diversas diligências realizadas no curso da investigação permitiram identificar a existência de uma organização criminosa bem estruturada, cujo modus operandi consiste no transporte naval de produtos contrabandeados (cigarros, vestuário e equipamentos eletrônicos falsificados) com origem no Suriname, os quais são internalizados de forma clandestina em pontos da costa dos municípios potiguares de Areia Branca, Porto do Mangue e Macau, sendo posteriormente transportados para diversos estados, principalmente São Paulo, onde são comercializados em locais notadamente conhecidos por esta prática.

Somente entre os anos de 2018 e 2019, a Orcrim movimentou cerca de 185 milhões de reais, revelando a alta lucratividade da empreitada criminosa.

Dentre os investigados, constam empresários, policiais civis do Rio Grande do Norte, além de um secretário municipal da cidade de Areia Branca/RN.

Os crimes imputados são os de contrabando qualificado (art. 334-A, §3º, CP) e organização criminosa armada (art. 2º, § 2º, e § 4º, incisos II e V, da Lei 12.850/2013), cujas penas, somadas, podem ultrapassar a 23 (vinte e três) anos de prisão.