Por Assessoria 

O ginásio Davi Florentino localizado no Conjunto Nova Macaíba passou por ampla reforma, desde telhado, alambrando, piso, pintura, bebedouros novos, portas e implantação de lâmpadas de LED.

“Em 2017 fiz uma visita ao ginásio e constatei os problemas, hoje volto aqui para essa reinauguração e vejo um ginásio completamente moderno e próprio para uso, já sediando uma grande final do Campeonato Norteriograndense de Futsal 2019. Não posso deixar de agradecer em nome da população ao secretário de infraestrutura, de esportes e ao prefeito que atenderam o pleito” disse Igor Targino.


Crédito da Foto: João Gilberto

O pedido de crédito extraordinário ao Orçamento Geral de 2019, totalizando R$ 1,8 bilhão, por parte do Governo do Estado à Assembleia Legislativa em forma de Projeto de Lei, voltou à pauta da Casa Legislativa na sessão plenária desta quinta-feira (05). O deputado José Dias (PSDB) usou a tribuna para reforçar que o crédito extraordinário deve ser feito em forma de decreto do Poder Executivo estadual e não como um Projeto de Lei.

“É muito simples! Basta que a Lei Federal 4.320, em especial os artigos 41 e 43, seja cumprida pelo Governo do Estado. Inclusive eu queria que todo mundo acessasse essa Lei e visse que esse pedido da governadora à Assembleia é improba”, reclamou o parlamentar.

O deputado destacou ainda que a governadora deveria ter buscado outras soluções legais para a falta de recursos. “Ao invés disso ela viajou. Fez o itinerário de Marco Polo. Viajou para a Europa e de lá foi para a Ásia. E não estava aqui cuidando dessas soluções legais. Agora manda para a Assembleia autorizar um crédito extraordinário de R$ 1,8 bilhão”, lamentou José Dias.

De acordo com o governo, o objetivo desse Projeto de Lei é corrigir um problema estrutural do Orçamento Geral do Estado do exercício 2019 que foi submetido e aprovado da Assembleia Legislativa com dotações orçamentarias menor e que deve impedir o pagamento das despesas obrigatórias aos servidores.


Em São José de Mipibu/RN, no km 118 da BR 101, às 22h30 desta quarta-feira (4), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu três quilos de uma substância com característica de cocaína.

Após denúncia anônima, policiais rodoviários federais abordaram um pálio Weekend na unidade operacional da BR 101. O táxi seguia de Natal para Recife, com apenas um passageiro.

Na bagagem do passageiro, um homem de 22 anos, foram encontrados os pacotes com o produto. Ele informou que teria vindo de Recife de ônibus somente para buscar essa mercadoria de uma mulher desconhecida.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal.

Da Agência PRF RN

Foto: Reprodução 

O jornalista Tadeu Oliveira relembra fatos e histórias ocorridos em diversas ruas que viveu na terra das salinas, quando o conjunto Sempre Alerta fazia sucesso.

O cotidiano e lembranças nos idos dos anos 60 e 70, vivenciadas em Macau (RN), estabelecendo verdadeiro percurso pelas ruas em que morou e citando um tempo que marcou a história da juventude da época. Esse é o cenário do livro “Água de Grau – Macau que ainda se busca”, escrito pelo jornalista e sociólogo Tadeu Oliveira, que será lançado no próximo dia 7 de dezembro, durante as festividades de Nossa Senhora da Conceição, padroeira macauense.

Após pesquisa e um mergulho em suas memórias, Tadeu Oliveira conta, em detalhes, as histórias de sua juventude, marcada pela descoberta de paixões, família e por sua cidade natal. “São momentos que por anos estiveram apenas na minha memória. Agora, neste livro, revivo passagens muito significativas e que me ajudaram a crescer”, pontua o autor.

O lançamento em Macau é uma homenagem a sua terra. “A cidade estará em festa. Nada mais justo do que apresentar o livro na cidade-inspiração. Estou feliz em entregar essa obra, é uma realização pessoal muito especial”, explica Oliveira que atualmente mora em Natal (RN), onde é o diretor-presidente da Smart Comunicação, instituto de Pesquisa e Opinião, e assina a Coluna Anote, veiculada na edição de sábado do jornal Tribuna do Norte. O lançamento em Natal ainda não tem data definida.

Um dos capítulos do livro narra o momento conflitante quando sua família deixa Macau, em 1974, ano da instalação do terminal salineiro em Areia Branca (Porto Ilha), desativando completamente o porto de Macau. “Era tempo de crise econômica, Macau não era mais aquela de fácil circulação de dinheiro. Com a mecanização das salinas, uma demanda de trabalhadores braçais ficou sem ter o que fazer. Alguns encontraram no álcool o caminho para encarar o desânimo”, conta.

O prefácio é assinado pelo advogado Luiz Sérgio de Melo Neto, com apresentação do jornalista Ivo Freire. “A antiga usina de moagem de sal, ilhada pelas águas de grau, impressiona o menino curioso e observador no início dos anos 60. A lida dura do pai dele, seu Vicente Camilo de Oliveira, nas salinas marcou sua história que agora é registrado neste livro”, cita Freire na apresentação da obra.

O Livro

Composto por 18 capítulos, o livro conta com 100 páginas. Entre os capítulos, fotografias ilustra a narrativa da publicação, que tem tiragem limitada. Foram dois anos de escrita e sua finalização contou com a participação de gabaritados profissionais gráficos e de comunicação.

Serviço

Lançamento e noite de autógrafos do livro “Água de Grau – Macau que ainda se busca”

Data: 7 de dezembro de 2019.

Horário: 18h30.

Local: Pátio da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, nº 65, Centro, Macau (RN).

Por Danilo Bezerra Vieira – Jornalista


Nesta quinta-feira (5), a Prefeitura de Macaíba promoveu um café da manhã para os atletas da Vila Olímpica de Macaíba que participaram e conquistaram medalhas em várias competições estaduais, regionais e nacionais em 2019, no Palácio Auta de Souza. O prefeito Fernando Cunha esteve presente na homenagem ao lado do presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Gelson Lima e do secretário municipal de Esportes e Lazer, Flaubert Benício.

Na oportunidade, o prefeito agradeceu pelo empenho de todos os envolvidos nas atividades, destacando o agradecimento aos estudantes. “Quero agradecer a vocês por ter levado o nome de Macaíba para as competições com a realização de um sonho que é a Vila Olímpica. Mostraram que, por meio do esporte, estão construindo o futuro de vocês. Parabéns a todos!”, afirmou o prefeito.

Os estudantes conquistaram uma série medalhas em vários esportes como xadrez, ginástica artística, atletismo, luta olímpica em competições como os Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (JERNS), os Jerninhos de 2019 e as Paralímpiadas Escolares de 2019. Familiares e professores dos atletas também participaram da homenagem. Daniele Medeiros, 29, moradora do Loteamento São José é uma mães presente no evento.

Mãe de Fernanda, estudante de dez anos de idade que participa das atividades de ginástica artística na Vila, ela ressalta o sentimento em ver a filha participando de competições, conquistando medalhas e desenvolvendo habilidades no esporte e na educação. “O sentimento é de gratidão porque é uma oportunidade para o futuro dela. Gosta muito de participar e eu também gosto muito que ela participe”, declara.

Isabel Souza da Cruz, 15, estudante da Escola Estadual Paulo Nobre participa do projeto Xadrez na Escola desde 2016 e conquistou a medalha de bronze nos Jerns 2019. Sobre a conquista, ela ressalta o esforço de cada dia no esporte. “É muito gratificante porque passei um período longo treinando. Nos outros Jerns eu sempre ficava em quarto lugar, buscando um lugar no pódio e nunca consegui. Me dediquei, me esforcei e é muito gratificante”, afirma.

Fotos: Márcio Lucas

Assecom-PMM

SINSP/RN – O Governo Fátima Bezerra quer taxar o servidor inativo em 11%. Hoje, o servidor aposentado e pensionista que ganha até R$ 5.839,45 não precisa contribuir com a Previdência. No entanto, com a nova proposta do executivo estadual, os aposentados que ganham de um salário mínimo até R$ 5.839,45 passarão a ser taxadas com a alíquota de 11%.

Não bastassem três folhas de salário atrasadas, a mudança que pretende reduzir para um salário mínimo a faixa de isenção dos aposentados e pensionistas que precisam contribuir com a Previdência faz parte da proposta de reforma previdenciária apresentada pelo executivo estadual na última segunda-feira (02).

O Sindicato dos Servidores Públicos do Rio Grande do Norte reitera que é contra qualquer projeto que puna, retire direitos e aumente a alíquota dos servidores públicos estaduais.

Foto: Arquivo Pessoal

Neste sábado (07), às 16h, o jovem macaibense José Firmino Rodrigues participará do programa Caldeirão do Huck, da TV Globo. Ex-aluno da Escola Alfredo J. Monteverde, do Instituto Santos Dumont,  e atualmente aluno do Mestrado em Neuroengenharia no Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra, localizado no distrito de Jundiaí, em Macaíba.

Do Macaíba no Ar

O clima do final do ano sempre resgata uma tradição muito forte entre os potiguares: pintar, revitalizar ou reformar a casa. Todos, afinal, querem comemorar esse momento importante do calendário com a família e os amigos num espaço cheio de boas energias. Mas para isso, é necessário um bom planejamento, com pelo menos dois meses de antecedência.

Além da reforma e da pintura dos imóveis, a Cosern, empresa da Neoenergia, lembra que uma boa revisão das instalações elétricas das residências também deve fazer parte do check-list de todo consumidor. Afinal, além de garantir a segurança da família, esse gesto pode representar uma economia média final de até 10% na conta de energia.

É importante lembrar que, à medida que a tecnologia evolui e novos equipamentos são adquiridos e instalados nas nossas residências, muda também a forma de consumirmos energia elétrica. As instalações elétricas de uma casa projetada há vinte anos não levavam em consideração o uso de tantos aparelhos eletrônicos simultaneamente.

Por isso, a Cosern ressalta que é necessário fazer periodicamente uma revisão nas instalações elétricas dos imóveis com o objetivo de identificar e prevenir possíveis problemas. Geralmente, nessas investigações, é constatada a necessidade de substituição de circuitos, cabeamentos, quadros elétricos, tomadas e outros elementos que estejam danificados ou são incompatíveis com as novas demandas de consumo.

Em cidades próximas ao litoral, especialmente na Costa Branca, essa revisão deve ser mais frequente por causa da ação da maresia e da salinidade nas estruturas internas das residências. Ler mais…

Está pronto o novo livro da Z Editora em parceria com a Academia Macaibense de Letras:

“A Macaíba de cada um – antologia de crônicas”.

O livro reúne escritos de vários macaibenses, contando suas vidas, experiências e revelações dos anos 1920-2000.

Lá estão Cícero Macedo, Beto Josuá, Paulo Leiros, Romeu Bezerra, Batista de seu Lucas, Costinha, Anderson Tavares de Lyra… só para citar os menos famosos.

Lançamento neste sábado, 07, na Biblioteca da Academia Macaibense de Letras, Casa de Cultura de Macaíba, 19:00.

Vai ter gente que você conhece às pampas, se você dançou nos bailes do Pax, comprou caneca de cerveja da festa da Padroeira, torceu pelo Cruzeiro ou Rio Branco e tomou banho na maré.


Objetivo da fiscalização é garantir que os equipamentos utilizados em unidades de saúde estejam em perfeitas condições de uso

Pensando na saúde do consumidor, mais de 130 esfigmomanômetros (medidores de pressão arterial) passaram por fiscalização do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte. As equipes de fiscais percorreram hospitais, clínicas e postos de saúde das cidades de Natal, Mossoró, João Câmara, Poço Branco, Pureza, São Miguel do Gostoso, Taipu e Touros, durante todo o mês de novembro.

Apenas três medidores de pressão arterial foram interditados. Nesse caso, após reparo, que pode ser realizado por empresas credenciadas pelo Inmetro, os instrumentos poderão a ser novamente utilizados.

De acordo com o diretor-geral do IPEM/RN, Theodorico Bezerra Netto, a aferição dos esfigmomanômetros é feita anualmente e tem como objetivo verificar se os equipamentos estão funcionando corretamente. “A fiscalização visa garantir que o instrumento receba os cuidados necessários para o perfeito funcionamento e não comprometam a saúde dos pacientes que são atendidos diariamente nas redes públicas e privadas de saúde com informações inconsistentes”, afirma.

É importante que o usuário sempre pergunte ao profissional de saúde se o equipamento que medirá sua pressão passou pela verificação anual, que é obrigatória, do IPEM/RN e que, ao adquirir um aparelho novo, o consumidor exija que ele contenha a marca de verificação inicial do Inmetro, que pode estar fixada no instrumento ou na embalagem.

Caso o consumidor desconfie de alguma irregularidade deve denunciar ao IPEM/RN pelo número 0800 281 4054, pelo email – ouvidoriaipem.rn@gmail.com ou pelo whats app 84 98147-9433.

Polícia encontrou duas espingardas e munições durante operação em Macaíba, RN, nesta quarta-feira (4) — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Uma operação da Delegacia da Polícia Civil de Macaíba, na Grande Natal, apreendeu cinco caminhões, dois tratores, galões de óleo diesel, duas armas e munições em um galpão da cidade nesta quarta-feira (4). Um homem, de 55 anos, e o sogro dele, de 82, foram presos.

Segundo a investigação, o proprietário do local não conseguiu comprovar a origem do combustível. A Polícia Civil encontrou um caminhão sendo desmanchado no local. Em um depósito de venda de materiais de construção que também pertencia ao mesmo homem, a corporação encontrou veículos adulterados.

Segundo Cidorgeton Pinheiro, delegado de Macaíba, os automóveis eram de origem lícita, mas em uma análise mais detalhada foi possível constatar sinais de adulterações. “Conseguimos ver que números de chassi e plaquetas estavam adulterados”, relatou.

De acordo com Pinheiro, o idoso, de 82 anos, confirmou que uma espingarda calibre 36 era dele. No local também foram encontradas uma outra espingarda calibre 12 e munições de calibre 38.

O delegado adiantou que a Polícia Civil vai aprofundar a investigação para saber a origem das armas, dos veículos e dos combustíveis.

Do G1RN

Os avanços das neurociências e os desafios de fazer pesquisa no Brasil foram temas centrais da 5ª edição do House Symposium, realizado pelo Instituto do Cérebro da UFRN (ICe). Durante três dias, pesquisadores locais e internacionais se voltaram a apresentar o andamento de suas pesquisas e trocar experiências neste campo de estudo. As atividades aconteceram no auditório do Instituto Internacional de Física (IIF), e o destaque deste ano foram as delegações da França e Suécia.

Segundo a diretora do Instituto, a médica Kerstin Schmidt, a participação internacional aumentou a qualidade do simpósio, tanto no que confere ao intercâmbio de conhecimento quanto à utilização da língua inglesa, o que colabora na formação dos pesquisadores locais.

Suecos, alemães, franceses, argentinos, brasileiros, não importando a origem, no auditório do IIF, todos falavam a mesma língua e mantinham o mesmo interesse, que era o de conhecer e aprender mais sobre seus campos de estudos.

Klas Kullander, pesquisador sueco da Uppsala University, foi o orador principal deste ano. E ele não veio sozinho. Uma comitiva de pelo menos dez pessoas o acompanhou na visita ao Brasil. Para ele, o House Simposium foi muito interessante. “Eu consigo ver muita ciência de qualidade sendo apresentada, muitos cientistas da Europa e de outras partes do Brasil estão sendo recebidos. Eu estou muito impressionado e feliz por estar aqui”, disse. Ler mais…

Foto: Waldemir Barreto

Agência Senado – A senadora Zenaide Maia (Pros-RN) lembrou a Semana Internacional da Pessoa com Deficiência nesta quarta-feira (4), em Plenário, e criticou o projeto de lei (PL-6.159/2019), encaminhada ao Congresso pelo Poder Executivo, que cria alternativas para liberar as empresas da obrigatoriedade de manter uma cota de pessoas com deficiência entre os seus empregados. Zenaide afirmou o projeto dificultará ainda mais a acessibilidade desses deficientes ao mercado de trabalho.

— O projeto de lei diz que flexibiliza, mas na verdade ele acaba [com as cotas], porque as empresas não vão ter obrigação de cumprir aquele número de cotas. São muitas pessoas com deficiência que dependem, que têm seu trabalho, que a gente inclui com dignidade. E eu insisto em dizer: um país onde o Estado, no caso, não inclui as suas pessoas com deficiência, quem é deficiente é o país, é a sociedade, porque a gente sabe que a maioria das barreiras são impostas pela sociedade — disse a senadora.

A senadora também criticou a Medida Provisória (MP 871/2019), que resultou na Lei 13.846, de 2019, para combater as irregularidades em benefícios previdenciários, conhecida como “pente fino”. Para ela, em vez de dificultar o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC), o governo deveria simplesmente manter auditorias constantes, para evitar fraudes no sistema.

— Por que botaram uma MP? Porque eles mudaram as regras de acesso. Não foi porque as pessoas com deficiência deste país, que precisam desse salário mínimo, sejam fraudadores da Previdência. A gente sabe que, em tudo, pode haver alguém que fraude, mas isso não é motivo para dificultar — disse Zenaide.

O vereador João de Damião parabeniza sua esposa Mara Vale pela passagem de seu natalício. Que sua vida seja tão iluminada quanto as estrelas no céu e que você possa absorver o brilho delas em cada momento da sua vida. Parabéns, parabéns

Atenciosamente
Vereador João de Damião