Categoria: Macaíba

Diante da situação de pandemia que a cidade de Macaíba e o país em geral enfrentam, a Prefeitura Municipal, mediante a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTAS), realiza rotas de monitoramento pela Equipe de Abordagem Social visando identificar populações vulneráveis, com o objetivo de garantir os direitos sociais dessa população, por exemplo, os moradores de rua.

Desde a semana passada, as abordagens estão sendo realizadas pelos profissionais capacitados, seguindo todas as diretrizes e orientações da Saúde, acompanhando todos os decretos, resoluções, normativas e leis, para melhor aplicar-lhes em nosso município. Tudo isso seguindo as recomendações do Conselho Municipal de Assistência Social.

Essas abordagens já resultaram no afastamento de duas pessoas em situação de rua, que aceitaram ir para uma comunidade terapêutica, onde lá terão cuidados necessários, principalmente no tratamento das substâncias psicoativas.

Dessa forma, é possível assegurar a proteção social, por meio da busca ativa de pessoas em situação de rua e outras situações de risco social e violações dos direitos humanos, fazendo a identificação e encaminhamentos necessários, oferecendo os serviços socioassistenciais em funcionamento e benefícios eventuais vigentes em nível local.

Assecom-PMM

Propõe que os alunos da rede municipal voltem a receber a merenda

Secretaria de educação: Seguindo as normas sanitárias e as recomendações do ministério da saúde é possível que seja entregue a merenda aos alunos da rede municipal de forma que evite aglomerações e proximidade de pessoas.

Muitos alunos, principalmente os de famílias de baixa renda, tem na merenda escolar a única refeição nutritiva do dia. A situação em que o coronavírus colocou a sociedade faz com que essas famílias percam a fonte de renda, impedidos de trabalhar fora.

Kit de Higiene Pessoal para famílias carentes

Solicita que a secretaria de trabalho e assistência social realize um estudo de viabilidade para a aquisição e distribuição de Kits de higiene pessoal. O kit será entregue a todas as famílias que se encontram abaixo da linha da pobreza. Será de extrema importância para ampliar a proteção contra o coronavirus.

Assessoria

Nesta segunda-feira 30/03, a partir das 18 horas na WEB CENA TV, RÁDIO 87 FM MACAÍBA, nas páginas do Facebook OPINIÃO SOCIEDADE EM FOCO, CIDADÃO MACAIBENSE, FOCO NA POLÍTICA e SENADINHO MACAÍBA.

Será concluída a rodada de entrevistas com os pré-candidatos a prefeito da cidade de Macaíba, iremos abordar diversos temas e debater as questões sociais que envolve o município.

Não perca, a partir das 18 horas na WEB CENA TV, Rádio 87 FM Macaíba e com o compartilhamento da transmissão nas páginas do Facebook OPINIÃO SOCIEDADE EM FOCO, CIDADÃO MACAIBENSE, FOCO NA POLÍTICA e SENADINHO MACAÍBA.

Pré-candidato entrevistado dessa segunda: AURI SIMPLÍCIO.

Equipe Programa Opinião Sociedade em Foco

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) esclarece que a remoção das camas do Hospital Regional Alfredo Mesquita, em Macaíba, faz parte das ações de organização da rede estadual de saúde em torno da pandemia da covid 19.

Os encaminhamentos para a inauguração da UTI do Alfredo Mesquita continuam, mas por uma pendência na subestação de energia elétrica, a inauguração pode demorar mais alguns dias. Na próxima semana o hospital receberá novo mobiliário.

O remanejamento de equipamentos e mobiliários entre as unidades de saúde são necessários para colocar em prática o Plano de Contingência para a Covid 19.

Sesap RN

POR RÔMULO ESTANRLEY

Nesses dias de reclusão do Coronavírus, estou aproveitando para ler livros, estudar e, principalmente, organizar meu arquivo de velhos jornais sobre Macaíba. E, nesses dias, estou me debruçando sobre “O Macaibense”, informativo alternativo que circulou de outubro de 1983 até a década de 1990.

Na edição n.º 7, de março de 1984 (portanto, há exatos 36 anos), eis que uma capa me chamou a atenção: a imagem de seis jovens que faziam teatro em Macaíba – Júscio Marcelino de Oliveira, Aluísio Sílvio Soares, Josenete Gonçalves, Ismarlete Duarte, Cláudia Castro e Geraldo Cavalcanti. Júscio afirma que a foto foi tirada na Praça da Saudade, supostamente por Adão Varela Revoredo, que tinha um estúdio de fotografia nos anos 80.

Juntos, eles formavam o Grupo Teatral LIBERDADE, que na ocasião havia estreado a peça “O que será da Severina?”, que fez muito sucesso na época, inclusive num evento promovido pelo Conselho Comunitário do Conjunto Alfredo Mesquita Filho, que tinha à frente o presidente Djalma Alves de Assis. A peça foi apresentada de frente à residência de Maria Mariola Eufrásio Timóteo (dona Baló), no dia 1º de abril de 1984.

Sobre militar no movimento cultural macaibense da época, Júscio Marcelino relembrou que as dificuldades sempre são as mesmas dos dias atuais. “Não mudou de maneira alguma. O que existia era ‘muito atrevimento’. Eu sempre fui um jovem muito, eu acho, além do meu tempo, sempre pensando arte além daquele tempo; daquele momento de quem estava vivendo. Minha intenção era produzir, produzir, produzir. E éramos jovens que pensavam cultura e fazíamos acontecer”.

Sobre “O Macaibense”, Júscio relembra que trabalhou por muito tempo com o saudoso editor José Félix Barbosa (1931-2000), na extinta SECTUR – Secretaria de Cultura e Turismo, que funcionava no primeiro andar do Centro de Abastecimento (hoje, chamado de “Mercado Velho”). Lá, além da SECTUR, funcionavam a Liga Macaibense de Desportes (LMD), ao qual José Félix era presidente; e a Junta Militar. Félix era responsável pela SECTUR e a LMD (que não era uma secretaria, mas uma entidade representativa do desporto local, que tinha o apoio do poder público municipal). Segundo Júscio, quando a LMD foi transferida para outro lugar, quem assumiu a sala foi a Banda de Música Municipal.

Além de José Félix e Júscio, trabalhavam Adão Varela Revoredo, Manoel Guedes da Fonseca Filho (Guedinho, in memoriam) e outros. Foi um período muito produtivo e o ambiente de trabalho era divertido. “Era hilário demais”, recorda Júscio Marcelino.

Vinculado à gestão municipal da então prefeita Odiléia Mércia da Costa Mesquita (1983-1988; e 1993-1996), o jornal era editado por José Félix, carinhosamente chamado de “o Môco”.

Júscio relembra com carinho que as matérias e notas da publicação “era a forma que Félix usava para engrandecer as pessoas com quem ele dialogava e convivia”. Ele criava títulos às manchetes que faziam com que a pessoa que estava sendo divulgada se sentisse valorizada. “Era o mundo dele. E era impressionante”, finalizou Júscio Marcelino.

Macaíba tem o primeiro caso confirmado do novo coronavírus (Covid-19). O paciente está bem e todas as orientações médicas estão sendo seguidas.

Confira o comunicado completo. Ressaltamos que não é momento para pânico e que todas as medidas de isolamento social devem ser seguidas.

Assecom-PMM (via Instagram)

O Rio Grande do Norte passa a ter 45 casos de pessoas com o novo coronavírus. As cidades com casos confirmados são Natal (22), Mossoró (14), Parnamirim (6), Macaíba (1), Monte Alegre (1), Passa e Fica (1).

As informações completas, com os dados atualizados no RN sobre a Covid-19, serão divulgadas no novo boletim epidemiológico ainda neste sábado (28) pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

Da Sesap RN

Via BG 


Foto: Reprodução 

Faleceu nesta sexta-feira 27/03/2020, o Sr. José Alípio Filho, aos 80 anos, bastante conhecido em Macaíba, residia no Araçá.

Deixa os filhos: Sormani, Ana Glaucia, Liege, Krislaine e Saulo.

O velório acontece às 11h00 deste sábado (28) na Prevenir, próximo a sede da Prefeitura Municipal de Macaíba. E o sepultamento a tarde na cidade de Santana do Matos.

Em reunião, por vídeo conferência, com o Deputado Federal Beto Rosado e sua assessoria, o vereador Denilson Gadelha, considerando a pandemia do novo coronavírus e um possível colapso no sistema de saúde para tratar doentes mais graves, solicitou ao Deputado o envio de verba para o município de Macaíba.

O Deputado Beto Rosado sinalizou de forma positiva, visto que existe a possibilidade da liberação de recursos emergenciais para o combate e tratamento da doença.

A liberação dessa verba para Macaíba pode acontecer nos próximos dias.

“É um momento delicado, onde precisamos unir forças, independente da posição política, em prol do povo macaibense”. Ressaltou o vereador Denilson.